Passei vergonha por causa do meu cachorro

28/02/2018

 Mirian Ribeiro    Dicas para donos de Cães




Imagem Blog Tunghats Resort

Falar que cachorros não fazem nada errado é coisa de quem nunca teve cachorro. Eles são levados como crianças e às vezes colocam a gente em uma “saia justa”. Quem tem cachorro, provavelmente já passou vergonha ao menos uma vez por causa do amigão de 4 patas. Com o passar do tempo, a vergonha passa e as histórias são hilárias para compartilhar com amigos! Esta semana eu preparei uma seleção de histórias que aconteceram comigo e meus cachorros… são anos amando os peludos e anos de histórias embaraçosas!


Na Praia

Nós temos um Golden Retriever chamado Midas. Ele é um doce! Grandão, e sempre simpático e animado, ele lembra bastante o Dug - daquele desenho UP Altas Aventuras. Um dia estávamos passeando na praia e uma moça sentada em uma canga, ao lado de sua amiga que pegava sol, pediu para falar com o Midas. Perguntou se ele mordia e como ele é super dócil, deixamos ele falar com a simpática moça. Ele se aproximou, fez festa, foi amável e educado. Até aí, cade o momento embaraçoso, certo?! Quando estávamos saindo, a simpática moça me perguntou quantos anos eles tinha… parei para responder e enquanto isso, o Midas se aproximou da moça que pegava sol e… levantou a perna e fez xixi, antes mesmo de termos a possibilidade de ver e puxá-lo, ou gritar seu nome…. Bem, foi um dia de muita vergonha!!!! Pedimos um milhão de desculpas, pegamos água mineral para lavar… sorte é que a moça que pegava sol adorava cachorro e não ficou muito brava. Agora temos sempre que ficar de olho no Midas para ele não repetir esta gafe!


No Elevador

Por 14 anos eu fui orgulhosa mãe de um Pug! O nome dele era Ping-Pong. Ele era o cachorro mais esperto, expressivo e querido do mundo!!! Mas ele tinha um probleminha… soltava gases de matar… muito fedidos mesmo. Era impressionante como um cão tão pequeno podia soltar um pum tão fedorento. Um dia, estávamos voltando de um passeio na rua e entramos no elevador. Em seguida, uma vizinha bem antipática, entrar conosco no elevador… eu estava indo para o último andar e ela para o oitavo… a viagem ia ser longa. Claro que o Ping ia “soltar uma bomba de fedor” neste exato momento e claro que a vizinha antipática não poderia ficar quieta… “Que cheiro horrível Mirian! Você poderia aguardar até eu sair do elevador!” Neste momento eu não sabia onde me enfiar, mas pedi desculpas e rezei para o elevador chegar logo para ela sair! Os puns de nossos queridos pets podem colocar a gente em cada situação… mas isso não tem jeito, acontece!


O Assédio

Nossos amigos amam cachorro. Acho que isso virou um pré requisito na família! Sempre fomos apaixonados por cães e logo, quem gosta de vir aqui em casa, tem que gostar deles também. Minha filha sempre amou cachorro e claro, ela teve um poodle quando era pequena. O nome dele era Cookie. Super inteligente e carinhoso, uma raça super legal para criança! Mas o Cookie adorava até demais nossas visitas. Uma vez, estávamos no sofá conversando com um casal de amigos e o Cookie veio fazer festa. Nosso amigo ficou fazendo carinho nele e o Cookie se empolgou…. Gostou até demais do carinho dele e começos ou pular no colo dele…. De repente o Cookie sobe na perna dele e começa a cruzar com sua perna… foi super constrangedor… mas depois ficamos rindo da situação. Por isso é tão importante ter amigos que gostam e entendem como são os cães!


O Lixo

Essa história aconteceu comigo, mas não foram meus cachorros! Ufa!!! Um dia, estava visitando amigos em sua casa. Eles tinham 3 labradoras gordas, umas figuras fofas e super animadas! Muita agitação, muito carinho, muito “pega a bolinha”... e então nós saímos para almoçar. Quando retornamos para “a casa das labradoras”, elas tinham resolvido fazer uma festinha!!! Elas pegaram o lixo do banheiro, dentro de casa e espalharam por todo o jardim… imagina a reação dos donos, com lixo íntimo espalhado para todo o lado na frente das visitas… eles estavam super constrangidos. Enquanto isso, as três labradoras estavam super felizes, correndo de um lado para o outro, abanando suas caudas freneticamente, super empolgadas com a “maravilha” que elas tinham aprontado! Labradores são figuras! Adoro!


A Bolinha

Como vocês sabem, eu tenho um querido e lindão Golden! E ele AMA bolinhas! Fica louco!!! Adora tanto, que brinca até sozinho! Estávamos em mais um dia na praia com Midas. Neste dia, a praia estava bem vazia e ele estava solto (oopse)! Bem lá na frente, haviam 2 pessoas jogando frescobol. Midas estava tranquilo caminhando ao nosso lado. Conforme caminhávamos, o barulho da bolinha na raquete ficava mais forte o mo Midas caminhava mais rápido. E obviamente, quando percebemos era tarde demais. Midas saiu correndo e “roubou” a bolinha dos jogadores no ar. Como os jogadores foram super simpáticos e morreram de rir com o “furto”, foi mais uma história engraçada do que vergonhosa. Mas esses pets fazem a gente passar por cada uma… e a gente ama eles cada dia mais!


Agora que você se divertiu com meus momentos embaraçosos, o que acha de compartilhar alguma história engraçada que você passou com seu amigão? Compartilhe aqui embaixo! Nós vamos amar!!!

Para mais histórias e dicas para você e seu amigão, acompanhe nosso Blog do Tunghat’s Resort!!! Fique conectado em nossas redes sociais: Facebook e Instagram

gostou? comente!

Todos os Direitos Reservados © 2016 - Designed by: Th-Project.com