Cheirinho de Cachorro

30/04/2021

 Mirian Ribeiro    Marinheiro de Primeira Viagem




Imagem Blog Tunghats Resort

Como evitar que a sua casa fique com aquele cheiro de cachorro? 
A gente ama cachorro, nossos amigos fazem parte da família! E a convivência dentro de casa pode ter alguns acidentes ocasionais como um xixi no lugar errado ou aquela semana que o banho atrasou e seu pet fica com um cheirinho de salgadinho…

 

Como fazer para sua casa não ficar com estes cheiros? Temos algumas dicas que vão ajudar a você:

 

1 - Xixi no tapete: 

Este é um dos maiores causadores de mau cheiro. Dependendo do tamanho do xixi, você pode usar bastante papel toalha para absorver o máximo do xixi e depois limpar com álcool líquido ou vinagre branco e deixar secar bem ao sol. Se possível, você também pode mandar lavar o tapete com sabão neutro.

O ideal é limpar bem para que o cão não volte a fazer no mesmo lugar, pois se ele sentir aquele cheiro no tapete, certamente voltará a fazer xixi neste mesmo local.

 

2 - Xixi escorreu para baixo do móvel ou pés do sofá:

Este probleminha também é comum. Às vezes o tutor não percebe que o xixi escorreu e ficou embaixo de algum móvel ou foi absorvido pelos protetores dos pés do sofá, móveis e cadeiras (que muitas vezes tem uma proteção de feltro, que absorve o xixi e fica com cheiro forte). Então é preciso verificar embaixo dos móveis e também limpar os pés destes. Pode ser com água sanitária ou álcool. Cuidado para não danificar seu móvel.

 

3 - Local das necessidades: 

Se você deixa um local para as necessidades do seu pet, é muito importante manter este local sempre limpo. Limpar entre 2 e 3 vezes por dia, passar pano com álcool ou vinagre, lavar periodicamente com produtos não tóxicos a cães, além de manter o local arejado. Deixar fezes secas ou xixi seco no local irá causar mau cheiro, atrair moscas além de ser um risco a saúde de seu pet.

 

4 - Cheirinho de salgadinho: 

O cheiro forte é natural dos cães após um período sem banho. Isso ocorre porque algumas bactérias se proliferam nos óleos naturais da pele. Então, para evitar isso, é importante dar banhos periódicos no seu pet, o que pode variar de 1 vez por semana até 1 vez ao mês, dependendo da pelagem de seu amigão.

 

5 - Cheiro de cachorro molhado: 

Se seu cão tem acesso ao quintal e se molha na mangueira, piscina ou chuva, é certo que irá ficar com cheiro de cachorro molhado. Para evitar, é importante secar seu pet sempre que ele se molhar para que não fique molhado e com cheiro de mau seco. Também é importante dar banhos periódicos. E se seu cão deitou em alguma almofada ou cobertor e deixou este cheiro, o ideal é lavar. Se não for possível, passe álcool líquido e deixe no sol para amenizar o cheiro. 

 

6 - Essências e Perfumes: 

Tanto para ambiente quanto para os cães, é sempre importante ver se as essências ou perfumes são pet friendly e se seu cão não terá nenhum tipo de alergia, pois mesmos perfumes pet podem dar mal estar em alguns cães. Prefira sempre produtos feitos com óleos essenciais naturais.

 

Com estas dicas, sua casa e seu cão estarão sempre cheirosos!

 

Agora comenta aqui embaixo como você faz para manter tudo limpinho e cheiroso! Para mais dicas, notícias e histórias para você e seu cachorro, acompanhe nosso Blog do Tunghat’s Resort!!! Fique conectado em nossas redes sociais: Facebook e Instagram! E inscreva-se no nosso canal do YouTube!

 

 

 


gostou? comente!

Todos os Direitos Reservados © 2016 - Designed by: Th-Project.com