A Hora do Banho

13/12/2017

 Mirian Ribeiro    Marinheiro de Primeira Viagem




Imagem Blog Tunghats Resort

A gente sabe que cachorro precisa tomar banho com frequência! Eles não são como os gatos. Gatos podem ficar meses sem tomar banho e não ficarão com “cheirinho”... já os cachorros… É aconselhável ao menos um banho por mês no seu amigão para que ele fique cheiroso e livre daquela gordurinha que sai da pele, evitando problemas como fungos e parasitas.


Preparamos um monte de dicas legais para você dar um banho perfeito no seu cachorro:


1 - A escolha do Shampoo

Sempre compre produtos neutros e adequados para cachorro. Evite produtos com cheiros fortes que podem causar alergias. Os cães não precisam de condicionador. Se o pelo for longo e estiver embaraçado, você pode utilizar um condicionador nas pontas, evitando a pele do cão.

Para aquele cheirinho extra, você pode utilizar perfumes próprios para cães - mas se você achar que seu cachorro ficou incomodado com o cheiro, interrompa o uso ou mude a essência.

Nós aqui no Tunghat’s Resort, gostamos muito dos produtos da Sanol - eles possuem uma linha Dog muito boa!


2 - Proteja os Ouvidos

Na hora do banho, evite que caia água no ouvido de seu cão. A água no ouvido pode causar infecções e muita dor para seu amigo. Para ajudar a proteger o ouvido, você pode fazer uma bolinha de algodão (grande o suficiente para tampar o ouvido dele sem entrar fundo - queremos aqui fazer uma proteção superficial) e fazer uma leve camada com óleo neutro para bebê no algodão - coloque esse algodão na “portinha do ouvido”. Isso irá ajudar a prevenir a entrada de água. É muito importante que após o banho, você retire estes algodões - nunca deixe nada no ouvido de seu cão por um longo período (a não ser que seja indicação do veterinário).


3 - O Primeiro Banho do seu Cachorro

Para os Marinheiros de primeira viagem, é importante alertar que o primeiro banho do cãozinho deve ser a partir do segundo mês de vida. Antes disso é muito cedo, pode ser perigoso para o animal que ainda tem proteções naturais na pele. Também é importante que seu cão esteja saudável - dar banho em um cachorro debilitado pode piorar seu estado de saúde. Por isso é essencial que você verifique com seu veterinário se seu amiguinho está pronto para o primeiro banho.


No primeiro banho, crie uma situação de segurança para seu cachorro. Muitas vezes, colocar uma roupa de banho e entrar com seu cachorro no chuveiro é aconselhável - ele ficará mais tranquilo. A água pode estar morna e você pode utilizar um balde ou chuveirinho para auxiliar na hora de molhar e do enxágue.


4 - Limpar os Ouvidos

Após o banho, é importante que você limpe os ouvidos do seu cão. Uma limpeza superficial, na “porta” da orelha, tirando a cera e a eventual água que possa ter caído por ali - sempre com algodão seco. Em cães grandes, você pode enrolar o algodão no seu dedo para fazer esta limpeza, em cães menores, você pode usar o cotonete - sempre “superficialmente”. Se seu cachorro tiver qualquer tipo de secreção, cheiro ruim no ouvido ou excesso de cera, leve-o ao seu veterinário de confiança.


5 - Cortar as Unhas

Também é importante manter as unhas de seu cão aparadas. Se seu cachorro faz muitas atividades em pisos ásperos e gramados, suas unhas devem estar bem gastas - talvez nem precise aparar. Mas se seu cachorro fica mais dentro de casa, com pisos mais lisos, a tendência é que a unha fique longa e você vai precisar aparar. Para aparar a unha, existem alicates próprios que você pode comprar em pet shops. Com este alicate, você irá posicionar a unha no cortador e cortá-las, uma a uma. É muito importante que você tome cuidado para não “cortar o sabugo”, que irá sangrar e causar dor no seu amigão. Como evitar que isso ocorra? Corte somente a pontinha da unha. Em cães de unhas claras, é fácil ver uma linha rosada que começa e segue até o dedinho - nunca corte nesta linha. Em cães com a unha escura, nem sempre é possível ver esta linha. Por isso, nunca corte a unha muito próxima ao dedo.


6 - Seque Bem Seu Cachorro

Depois do banho é muito importante secar bem seu amigão. Um cachorro úmido pode ter fungos e outros problemas de pele. Seque com toalha e depois com secador. Tome cuidado para não queimar a pele de seu cão - mantenha sempre o secador no morno e em movimento - ficar com secador parado em um ponto da pele pode queimá-lo.


7 - Tosa Higiênica

Para manter seu cachorro sempre lindão, é importante cortar os pêlos entre os dedos e entre as “almofadinhas" dos pés e mãos - pode ser com estas maquininhas elétricas de barbear - não precisa raspar zero, mas deixar estes pelos curtos diminui a sujeira, facilita a limpeza e aumenta a aderência das patas dos cães, permitindo que se movimentem melhor. Em volta do bum-bum e do piu-piu você também pode manter os pelos curtos, evita que fique molhado de xixi ou algum cocozinho fique preso.

Se seu cachorro for barbudo, você também pode aparar estes pelos que acabam ficando muito molhados depois que eles bebem água ou comem.


8 - Hot Spot

Se seu cachorro tomou banho e ficou um pouco húmido, ou tomou banho de piscina no verão e passou o dia molhado, é possível que ele tenha um hot spot, um fungo redondo que dá na pele e faz o pelo cair. O hot spot não é perigoso, mas precisa ser tratado rapidamente para não crescer. Em caso de perceber um hot spot, leve seu cão no seu veterinário de confiança que ele irá receitar um remédio que irá curar rapidamente seu amigão.


Estas foram as nossas dicas da semana! Curta, comente, compartilhe! Sua opinião é muito importante para nós! Se você tem uma história engraçada sobre o banho de seu cachorro, cote pra gente aqui nos comentários! Nós vamos adorar!


gostou? comente!

Todos os Direitos Reservados © 2016 - Designed by: Th-Project.com