A Tosse Canina no Inverno

17/07/2019

 Mirian Ribeiro    Dicas para donos de Cães




Imagem Blog Tunghats Resort

Se seu cão sai para passear na rua, em parques caninos, vai a petshops, viaja para hospedagem ou mesmo sai para passear no seu condomínio, ele poderá ser contaminado pela tosse canina. 

A Tosse Canina ou traqueobronquite infecciosa canina é uma espécie de gripe dos cachorros. Assim como a gripe nos humanos, a tosse canina costuma ocorrer no inverno. Neste texto, reunimos algumas dicas para que você possa identificar os sintomas, prevenir e tratar. 

O Olavo, meu amigão de quatro patas, pegou gripe canina uma vez. Havíamos acabado de nos mudar de casa para condomínio - no condomínio ele acabou tendo contato com outros cães durante seus passeios e no vai e vem no elevador - este pequeno contato com cães contaminados acabou transmitindo a doença para ele. Como ele é vacinado, a gripe foi branda e passou rápido. Desta forma, vale ressaltar a importância da vacina contra tosse canina para evitar esta doença que pode, em casos mais sérios, se transformar em pneumonia e acabar sendo fatal. Mas de modo geral, tratada corretamente, a tosse canina acaba em 15 dias. Então vamos entender mais sobra a tosse canina para poder tratar corretamente e em tempo seu pet!

O que é a tosse ou gripe canina?  

A tosse canina é uma síndrome respiratória que pode ser causada tanto por vírus ou por bactérias. A doença sazonal ocorre com maior frequência em estações frias, como no inverno.  

Como ocorre a transmissão?

As formas de transmissão mais comuns da tosse dos canis se dão pelo contato direto entre um cão saudável e um contaminado, ou contato indireto, pelo ar, através de secreções respiratórias. O vírus ou a bactéria se locomovem facilmente devido a grande quantidade de espirros e tosses. A transmissão também pode ocorrer com o contato direto em caminhas, casinhas, vasilhas e brinquedos infectados.

Quais são os sintomas? 

Os principais sintomas da tosse dos canis são:

- Tosse frequente;

- Falta de apetite;

- Espirros;

- Secreção saindo pelo nariz e boca ;

- Chiado respiratório;

- Febre;

- Pode incluir vômito (causado pela tosse excessiva. O vômito expulsa geralmente uma espuma branca).


Nos casos mais graves pode ser observadas tonsilite, rinite, conjuntivite, pneumonia intersticial e broncopneumonia.


Como é feito o diagnóstico?

Caso os sintomas citados acima se assemelham com a condição do animal, é muito importante levá-lo imediatamente ao seu veterinário de confiança.

Como Prevenir?

A prevenção ocorre por meio da vacinação. A vacina protege e reduz os sintomas da infecção secundária.Também é importante que seu cão fique em lugares arejados, limpos e que conviva com outros animais vacinados. Estas medidas reduzem a probabilidade de contágio. 

Higienização

Se seu cachorro pegar gripe canina, você deve higienizar o local e os brinquedos para eliminar a bactéria ou vírus do ambiente. Lavar com água e sabão os potes, caminha e brinquedos do animal e depois deixá-los de molho por 15 minutos numa solução desinfetante (1 parte de água sanitária para 4 partes de água – 200ml de água sanitária para 800ml de água, por exemplo). Essa mesma solução pode ser utilizada para limpar o chão.

Seu cão é vacinado para tosse canina? Ele já pegou tosse alguma vez? Conta pra gente! Deixe um comentário e compartilhe aqui sua experiência. Para mais dicas e histórias para você e seu cachorro, acompanhe nosso Blog do Tunghat’s Resort!!! Fique conectado em nossas redes sociais: Facebook e Instagram! E inscreva-se nosso canal do YouTube!

gostou? comente!

Todos os Direitos Reservados © 2016 - Designed by: Th-Project.com